Conferência “Holocausto, Genocídio e Crimes contra a Humanidade”

A conferência “Holocausto, Genocídio e Crimes contra a Humanidade” decorreu nos passados dias 16 e 17 de maio, nas instalações da FCH, e reuniu vários investigadores para debaterem questões de alteridade, violência e antissemitismo vividos durante o contexto socio-político da Segunda Guerra Mundial.

A investigadora do CECC Maria Amélia Cruz marcou presença com o tema “Echoes of the Holocaust in Mirjam Pressler’s juveline literary production”.

Conhecida primordialmente pela sua tradução e publicação d’O Diário de Anne Frank (originalmente intitulado de Het Achterhuis) de Holandês para Alemão, Mirjam Pressler publicou várias obras dentro do género da Literatura Infanto-Juvenil no contexto do Holocausto.Maria Amélia referiu a autora como ponto de partida para compreender como a sociologia e psicologia juvenil se constroem e refletem na literatura. Os ecos do Holocausto são assim sentidos na escrita de Pressler, defendeu a investigadora do CECC, estando a identidade juvenil em constante dialética com a multiplicidade de experiências e processos de socialização a que estes jovens estão expostos.

Maria Amélia Cruz terminou a sua intervenção nesta conferência com um apelo a que repensemos a forma como os jovens lidam hoje com a alteridade, para reduzir os índices de marginalização ainda sentidos em países com passados de guerra e coloniais.

Veja a seguir algumas fotografias da conferência.

Advertisements